quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Situs Inversus
















Frida khalo


Situs solitus é a designação atribuída ao arranjo normal dos órgãos. Porém, há casos em que os indivíduos podem ser afectados por uma doença congénita proveniente de uma malformação fetal. Caracteriza-se pelos órgãos internos se apresentarem como se vistos num espelho e no lado oposto à normal distribuição dos mesmos. A esta condição dá-se o nome de Situs Inversus viscerum ou Situs oppositus.

O investigador mais importante na descoberta do Situs Inversus foi Marco Aurélio Severino, em 1643.

Pode dar-se o caso de o paciente apresentar sintomas semelhantes aos de alguém com Situs inversus, mas não se conseguir determinar a doença. Nesse caso, passa a designar-se Situs ambiguus ou heterotaxia.

O Situs inversus designa-se Situs inversus com levocardia, quando o coração permanece do lado correcto (inclinado para a esquerda) e diz-se Situs inversus com dextrocardia, quando o coração se apresenta inclinado para a direita.
Normalmente, a ordenação incorrecta dos órgãos é uma doença autossómica recessiva, ou seja, encontra-se associada aos cromossomas não sexuais e não aparece em todas as gerações. No entanto, o Situs oppositus pode estar relacionado com mutações nos genes do cromossoma X e, nesse caso, passa a ser uma doença heterossómica (relacionada com os cromossomas sexuais).
Assim, um homem portador da mutação no cromossoma X apresentará, obrigatoriamente, um fenótipo característico desta condição, uma vez que os seus heterossomas são XY. No caso da mulher, esta doença só se expressará fenotipicamente, se os dois cromossomas forem afectados, por esta ser XX.

Pathos

0 comentários:

Enviar um comentário